Um Governo do Estado a serviço dos catarinenses

Eficiência, simplicidade e inovação. Em 100 dias de gestão, o Governo de Santa Catarina modernizou processos e revisou gastos desnecessários para garantir recursos ao que realmente importa — entregar serviços de qualidade à população catarinense.

O trabalho começa com ações simples, como eliminar o uso desnecessário do papel e cortar o cafezinho, mas passa pela venda de aeronaves do governo e a revisão de contratos para melhorar o processo de compras. São ações que estão apenas começando, mas vão resultar em uma economia de quase R$ 100 milhões até o fim de 2019.

Os cortes vão permitir recursos para investimento nas prioridades do Estado. Entre as obras de infraestrutura, o Governo já iniciou o processo de reforma das pontes Colombo Machado Salles e Pedro Ivo Campos, anunciou o prazo para finalização da Ponte Hercílio Luz e começou a recuperação da Serra do Rio do Rastro.

Nesses primeiros 100 dias, também houve espaço para inovação. O Governo do Estado avançou com o Detran Digital, o Cartão de Pagamentos do Estado de Santa Catarina (Cpesc) Serviços, que facilita a vida dos gestores de escolas, e um aplicativo que irá gerar uma economia de R$ 6,2 milhões na compra de combustíveis.

Com o fim das Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs), o Governo garantiu eficiência e uma relação mais direta com as prefeituras, por meio da Central de Atendimento aos Municípios. E o projeto de Reforma Administrativa vai garantir uma estrutura mais enxuta e ágil, com economia de até R$ 124,3 milhões aos cofres públicos nos próximos 12 meses – ou seja, de cerca de R$ 500 milhões em quatro anos.

É uma caminhada que está apenas começando. Com a confiança dos catarinenses, o trabalho vai prosseguir com transparência, integridade, eficiência, qualidade, agilidade, simplicidade e inovação — do jeito que Santa Catarina precisa e merece.